Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

sábado, 22 de março de 2014

O grito

Já foi título de novela.
No carnaval tornou-se aberração,
num país em que tudo acaba em samba,
Timóteo o transformou em canção.
Está na veia, está no sangue
fato que ao nascermos choramos,
enquanto os pais gritam de emoção.
Há gritos por aí que não se ouve
talvez os mais altos e tristes de todos
motivados pela opressão... ensurdecem.
Fala-se até em gritos como terapia,
mas estou prá ver chegar o dia
que nada impedirá a grande alegria
de se gritar com  satisfação e euforia.
Por isso não posso esquecer
da esperança de um novo amanhecer
quando o grande "Grito dos Excluídos"
fará com a indiferença deixe de existir.
Sim, isso tudo acontecerá
quando a humanidade souber repartir.
 


Nenhum comentário: