Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

terça-feira, 18 de março de 2014

Egocentrismo.

                    Se eu, pobre humano, já estou cansado das orações intimistas, imagino Deus.
                Trata-se de algo mais ou menos assim: eu  suplico...; eu te ordeno...; eu te agradeço por proporcionar-me uma viagem à Terra Santa...;  eu te agradeço por ter olhos perfeitos enquanto outros...; e assim vai: eu, eu, eu, eu, eu, eu...
          Será que não está na hora de pensarmos no todo? Será que não está na hora de compreendermos que  Deus não privilegia somente a  alguns "sortudos"? Seu sacrifício (doação total por amor)  se deu  a favor da humanidade inteira e não para um grupo de privilegiados dessa ou daquela religião. Caso Deus agisse com privilégios, estaria apenas repetindo o sistema injusto imposto por muitos dos nossos governantes. Eis então o grande problema das nossas orações: não sabemos pedir e pior ainda, não sabemos agradecer.

Nenhum comentário: