Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Sem inspiração

Parece um daqueles dias
O que fazer nesta pacata cidade?
Quarta feira de cinzas, é verdade.
Falta-me o violão
e também inspiração.
O impulso é para o nada
por ser relativo ou pessoal
o nada pode ser tudo.
Isso é normal?
E assim me desnudo
mas fico com tudo:
com a alma cheia - é o que me norteia.
Com a única certeza:
o dia é próprio,
não há vazio,
mas espaço para reflexão.
A inspiração vem do NADA
assim como minha origem.
O "haja" foi trocado
e no "façamos" fui criado.
E a liturgia em meus ouvidos sussurra, insiste:
- " Deus existe... e do pó você foi criado."

Um comentário:

Anônimo disse...

que inspiração!