Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

QUANDO SE TEM FÉ

Quando se tem fé
come-se o pão que o diabo amassou
e ainda pergunta pelo que sobrou.
Quando se tem fé
anda-se longe para estar com quem ama
e voa-se para encontrar com quem não é amado
Quando se tem fé
acredita-se sem impor condição
não se olha a religião.
Quando se tem fé
não há desatino
chega-se sempre ao destino
Quando se tem fé
o amor é real
mesmo num mundo irreal ou virtual.
Quando se tem fé
não há desespero
a paciência é o tempero
Quando se tem fé
não é preciso ser rei e nem Pelé.
dribla-se a escravidão da morte
encontra-se o norte.
Quando se tem fé
"ama-se com se não houvesse amanhã"
acredita-se no novo amanhecer
mesmo diante do anoitecer.
Quando se tem fé
faz-se a diferença
sem esperar recompensa.
Quando se tem fé
sente-se a presença d'Ele
e tudo culmina n'Ele
Quando se tem fé
estes versos tornam-se passado
pois continuam entoados
no coração dos leitores abençoados.

4 comentários:

Bárbara disse...

Ficou ótimo...
Parabéns você sempre se supera de acordo com a necessidade, faz os seus poemas com o coração espirado fazendo com que agente perceba o quanto a fé muda nossas vidas.

jessé Moreira Lopes disse...

Muito obrigado Bárbara. Você é um anjo em minha vida.

betosilva disse...

Quanta inspiração, Amigo!
Vejo que existem inúmeras barreiras para serem removidas e o Cristo nos aponta a Fé como elemento essencial nessa remoção. Creio que a sua reflexão veio me motivar ao exercício da minha fé que às vezes se encontra abalada. Muito obrigado pela partilha. Graça e paz!

jessé Moreira Lopes disse...

Caro Beto, mais uma vez você veio enriquecer este blog com a sua participação. Muito obrigado! Como já expressei antes, sua opinião é muito importante para mim. Abraço fraterno, Jessé