Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

ECO

Vandré estava com razão
há milicos perdidos com armas nas mãos.
Matam de maltrapilhos a magistrados,
mas que fique registrado,
que só não matam o desejo
e nem o anseio
do povo pela justiça
muito menos o amor que cobiça.
Hoje não exilam lá fora
o exílio é neste país que explora,
por isso há os que vão buscar lá fora
algo que não há mais
a não ser nos anais.
acredita-se que não há censura vigente,
pelo menos de forma aparente
enquanto há cenas explícitas
de um povo que se enlouquece
com o nu que não se veste
com a fome que a arma não mata
com a dor que não atenua
a verdade nua e crua.
Não se tem a conta exata
dos que caem nesta guerra sem fim que mata
Não entendem que atrás da bala perdida
há perdidos e questões não resolvidas.
Não querem entender que igual a um crime
é o sistema que ainda reprime.
Ah, é verdade! Não há mais ditadura
mas há a dita... dura realidade
que faz ver verdades
que muitos não querem ver
e por isso deixam o absurdo acontecer.
Sim, Vandré estava com razão!
E mesmo sem arma nas mãos
provocou uma boa revolução
que até hoje vejo acontecer,
pois estes versos que você ler
querendo ou não
dele me veio a inspiração.

Nenhum comentário: