Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

CARTA À DONA DILMA

Brasil, 26 de novembro de 2010

Estimada Dilma

Antes de tudo, quero pedir-lhe desculpas por não usar o pronome de tratamento adequado ao cargo que a senhora ocupa. Acontece que quero ser coerente com o objetivo que proponho nesta, que é o de evitar distância. Para isso, não uso de certas formalidades Isto não significa que desse modo estou desrespeitando-lhe..

Depois de toda batalha para conseguir se eleger resta a esperança de que a maior campanha agora seja o compromisso em cumprir o que foi prometido. Como brasileiro, mesmo ainda no auge da euforia, tenho que questionar, reivindicar para que este Brasil, que no meu vê, já está começando a trilhar no rumo certo, possa deixar de ser apenas um sonho e passar, num futuro próximo, a ser realidade para meus filhos e para milhões de pessoas que merecem ser tratadas com respeito, serem felizes e dignamente realizadas.
É verdade que o Brasil, comparado a um indivíduo enfermo, esteve bastante mal. Poderia dizer que ele necessitou até mesmo de ir para a UTI. Agora, com o governo que está cessando (do qual a senhora fez parte), notamos que o “paciente” já saiu do seu estado crítico, mas ainda se encontra em observação e inspira cuidados. Isto porque existem situações sérias que transcendem às denúncias ou promessas em palanques. O Brasil necessita urgentemente de antídotos contra: a política salarial de fome; a pobreza; o analfabetismo; a saúde caótica; a má distribuição de renda; a má remuneração dos professores e servidores públicos; o desemprego; a falta de uma política habitacional que privilegie de fato os menos favorecidos; a falta de incentivo à permanência do homem/mulher no campo; o desmatamento e degradação do meio ambiente; os políticos profissionais e carreiristas que só visam o seu bem estar, em detrimento de muitos; os abusos e maus tratos a menores...
Dona Dilma, junto com esta, segue uma foto da senhora extraída do site do Yahoo por ocasião de sua campanha. Eu a escolhi porque sei que, agora eleita, até mesmo uma simples foto sua terá que ser oficial. Outro motivo da escolha está no fato de que nela, a senhora aparece com uma rosa. Uma rosa inspira cuidados. A missão que nós brasileiros depositamos-lhe é semelhante. O Brasil precisa de cuidados! Talvez, como mulher, a senhora terá sensibilidade e entenderá tal comparação. Como a rosa, a missão de governar apresentará espinhos, mas se houver o foco no fato de que o povo brasileiro é bom e merece respeito na governabilidade de seu país, com certeza haverá superação dos desafios e sobressairão não os espinhos ou os entraves, mas a singeleza e a gratuidade do perfume, da beleza da flor.
O terceiro motivo da escolha desta foto, que acredito ser bem mais sério, está no fato que nela a senhora estava no meio do povo, por ocasião da campanha. Mesmo por motivo de segurança, nunca associe governar com distanciar do povo. Nunca deixe de estar no meio do povo, pois é de seu meio que brotam as necessidades reais para que o mesmo possa se realizar e ser feliz de fato. Quebre protocolo quando necessário for! Ouça de perto os anseios do povo! Lembre durante todos os dias de seu governo que o povo brasileiro tem seus anseios e precisa ser ouvido não só em período eleitoral. Não desminta a imagem da campanha da Dilma no meio do povo! Vença os desafios para que não haja frustração no povo! Perdoe-me pelos imperativos constantes neste parágrafo. É que os ideais democráticos, com sua utopia, inspiram-me a acreditar e ao acreditar sinto-me como parte de um todo.
Por fim, quero ressaltar aqui que tenho quase a certeza de que esta não chegará a suas mãos, mas o que me anima é que sua essência com certeza atingirá seu objetivo. Mais uma vez tenho que voltar a fazer comparação: quantas rosas despetaladas pela insensibilidade e nem por isso seu aroma fenece! Como brasileiro, que acredita sempre, só me resta desejar sucessos em sua administração. Como cristão devo repetir um trecho de uma música religiosa que diz:...”quem coloriu lindas rosas também cuidará de ti”.
Um abraço fraterno.

Nenhum comentário: