Muito obrigado pelo acesso!

A maior justificativa para a existência deste, está no fato de que sinto-me impulsionado a escrever e partilhar aquilo que de mais íntimo brota do meu ser. Acredito ser um dom que Deus me deu. Se algum dia este impulso me faltar, faça orações por mim, pois já estarei diante d'Ele.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

AINDA HÁ ESPERANÇA.

                  A flor de hoje está ligada à resistência. No meio de tanto mato e outras ervas, a encontrei resistindo a tudo. 
                  Hoje, de modo analógico, quero dedicar esta referida flor a uma pessoa que certamente jamais a verá, assim como também não verá esta  minha singela dedicação. Trata-se de um senhor que não conheço. Apenas eu estava na casa lotérica e este referido senhor enfrentou também a fila e, chegando até à moça que estava no caixa, disse que estava ali para devolver cem reais que a atendente havia depositado a mais, no dia anterior,  numa conta que ele havia pedido para ela que fizesse depósito de determinada quantia. Sei que esse senhor agiu como todos deveriam agir, mas infelizmente não é o que acontece em nosso meio, principalmente no que se refere às atitudes de tantos "políticos" em nosso "sucateado" Brasil. Tal atitude só provou para mim que nem tudo está perdido, que ainda há esperança, que o Brasil tem jeito, se cada um for honesto conforme exigem os valores humanitários, éticos e cristãos. Mas antes de tudo, assim como a flor citada acima, é preciso resistir.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

A SANTA DAS ROSAS


                       Terezinha de Lisieux, conhecida como Santa Terezinha do Menino Jesus, é também chamada de A Santa das Rosas devido à sua novena que, ao final da mesma, o sinal de que a graça foi concedida é o fato de receber uma rosa. 
                       Indiscutivelmente, aqueles que se dedicaram a Deus sem medida merecem nossa admiração. Que do céu, Santa Terezinha e todos que na vida souberam seguir a Deus intercedam por nós.
                      Dedico também essa rosa a todos (as) que, sem olhar sacrifício, dedicaram e ainda dedicam suas vidas em prol do bem comum (paz, unidade, justiça, igualdade de condições, fraternidade... para todos).
                      PAZ e BEM!